ERRO, LOGO EXISTO!!!

por  Luciana Jackson

Coach pessoal e profissional
 
O famoso "Penso, logo Existo"  marcou o pensamento do filósofo e matemático francês René Descartes,  após duvidar da sua própria existência... Poucos sabem que mais de dez séculos antes, Santo Agostinho em sua obra prima "A Cidade de Deus", no capítulo 26, nos brinda com: "Erro, logo Existo", em tradução livre de "fallor ergo sum", por meio do qual o filósofo conclui que o ato de errar é uma das características da existência humana.
Por conta de inúmeros fatores que moldam o comportamento social, o erro passou a ser tratado à margem, como fonte de defeitos que vão desde a ignorância, passando pela incompetência e culminando na estupidez. O ato de errar tornou-se um momento de constrangimento que afeta o equilíbrio emocional de quem o comete, provocando a queda momentânea da auto-estima.
Muitos reagem com a negação do erro. Quem nunca falou: "errei sim, mas...", e depois deste "mas", uma explicação para se justificar e assim minimizar o erro, ou até mesmo como fazem algumas figuras púbicas, que dizem: "sim, erros existiram", como se fossem algo externo, eximindo-se de responsabilidades.
A capacidade de errar é fundamental para o desenvolvimento e formação de quem somos... 
É o que gera a possibilidade de mudança e aperfeiçoamento! 
Esse maniqueísmo do "certo ou errado", implantado em nós desde a infância, impede o movimento, o desenvolvimento, e a nossa caminhada para frente.
Mas veja, faz sentido se você simplesmente pensar que estes conceitos são apenas construções do nosso olhar, das nossas percepções ainda limitadas? Um "certo" hoje, torna-se o "grande erro" do outro dia. Conceitos e teorias tomadas como verdades absolutas, amanhã poderão cair por terra... Além disso, entre um "certo e errado"  pode existir um "talvez", um "pode ser", ou até um "quem sabe?" !
Nos tornamos pessoas melhores a partir de nossos erros, se soubermos ver com "olhos de aprendiz". Raramente aprendemos com nossos acertos, que são a fonte de nossa arrogância e pretensão, acreditando ilusoriamente que já sabemos tudo, (ou pior, que o que sabemos já é o suficiente) e nos sentamos confortavelmente, vivendo das glórias e lições do passado, esquecendo que devemos buscar o melhor desempenho a cada dia! 
Desejo que você se permita, se humanize por meio de seus erros, obtenha grandes aprendizados e seja muito, muito feliz!
Até breve!

Comentários